Corrida não tem idade

Padrão

Uma dúvida logo vem a cabeça, qual será a idade máxima para iniciar ou para se manter correndo? É mito dizer que não pode, não tenho mais idade pra isso, meu corpo não aguenta, que joelhos e coluna não vão suportar o peso dos treinos, e outras mil desculpas. Engana-se que pensa assim. Hoje em dia, a corrida é uma das melhores formas de atividade física para quem pretende ter uma ótima qualidade de vida aos 60, 70, 80, 90. O limite não existe, simples assim. Tenha um plano, tome todos os cuidados, faça exames, tenha uma rotina de treinos, siga uma planilha correta, analise a evolução de fase do treino e da vida, saiba claramente quais serão seus objetivos e respeite os limites do corpo.

Quando envelhecemos, precisamos de impacto para evitar osteoporose, precisamos do contato com o sol, para absorção de vitamina D, precisamos estar com o coração forte , muito fôlego, precisamos manter o equilíbrio e a corrida proporciona tudo isso ao corpo.

É preciso um acompanhamento especializado em treinamento de corrida, bons assessórios e tênis, pois fisiologicamente, nessas faixas etárias, o corpo tem necessidades específicas e todo detalhe será importante para o sucesso.

Portanto, se puder, se motive, incentive amigos, pais, tios e avós, pois a corrida agrega muitos valores à vida, muito mais ainda daqueles que acham ou pensam que estão no fim, mas na corrida, mal sabem eles, que estão apenas na linha de largada, sem limite para a chegada.

Anúncios